Você está visualizando uma versão anterior do blog Eberick Next. Mantenha-se informado acessando o novo blog
Acesse http://ebericknext.altoqi.com.br
Página Inicial > Pré-moldados > Vigas pré-moldadas com e sem dente gerber

Vigas pré-moldadas com e sem dente gerber

Escrito em 01/12/2011, por Karine Cunha de Souza

No Eberick Pré-moldado está disponível um novo elemento estrutural: as vigas pré-moldadas. Este novo modelo de vigas possui comandos específicos de lançamento e manipulação no croqui que podem ser acessados através do menu “Elementos – Vigas pré-moldadas”.No diálogo de lançamento das vigas pré-moldadas podem ser encontrados recursos deste elemento, como a definição do tipo de apoio (retangular ou com dente gerber), a possibilidade de obter a elevação da laje adjacente e a consideração de 2º estágio de concretagem.

Diálogo de lançamento da viga pré-moldada

Habilitando a opção para obter a elevação da laje o programa define a elevação da viga como sendo igual à elevação da laje menos a sua espessura. Ou seja, se a laje possui elevação zero e espessura de 21 cm, a elevação da viga automaticamente passará a ser -21 cm, mantendo a consistência geométrica.

No caso de mais de uma laje adjacente, será considerada aquela que tiver o menor nível inferior para o cálculo da elevação da viga.

Outro recurso específico das vigas pré-moldadas é a consideração de uma seção de 2º estágio, que passa a considerar não só a seção de fábrica, como também uma concretagem posterior, definindo uma nova seção para o dimensionamento ao ELU.

Nos casos em que a laje se apoia sobre a seção de 1º estágio, a seção bw da viga é reduzida pelo trecho da laje que se apoia sobre a viga, definindo uma largura bw2 que será construída junto com a laje. O programa permite também que seja considerado no cálculo da mesa colaborante o trecho da capa da laje (ec) e, eventualmente, a seção comprimida da laje alveolar, constituindo a espessura hf2. Para o dimensionamento, a viga é calculada com a seção de 1º estágio até a etapa de construção preliminar e com a seção completa no dimensionamento ao ELU.

Indicações de dimensão da viga com 2º estágio de concretagem

Ainda no diálogo de lançamento da viga pré-moldada, pode-se definir qual o tipo de apoio da viga, permitindo apoios do tipo retangular ou com dente gerber. O programa permite que as extremidades da viga (retangular ou dente gerber) se apoiem em consolos do tipo retangular ou trapezoidal.

Exemplo de viga pré-moldada com apoio retangular e consolo trapezoidal nas duas extremidades

Exemplo de viga pré-moldada com dente gerber e apoio retangular nas duas extremidades

Definidos os parâmetros do elemento, o lançamento pode ser feito selecionando o primeiro e último pilar de um alinhamento, sendo que o programa automaticamente irá dividir a viga em peças e rotular as extremidades, facilitando o processo de lançamento.

Nas vigas com 2º estágio de concretagem também é possível definir ligações semirrígidas, que serão comentadas em um próximo post, trazendo mais informações sobre as ligações entre as vigas e pilares pré-moldados.

Categorias: Pré-moldados Tags:


0 ratings, 0 votes0 ratings, 0 votes Faça login para votar!
Loading...

  1. Tadeu Wagner Fabrin
    | #1

    Moderador, algumas coisas realmente fazem falta. Essa questão dos pilares esbeltos e pilares parede são duas delas. Como as solicitações são grandes por que não atender aos usuários?

  2. Moderador Blog Eberick
    | #2

    Boa tarde @Tadeu Wagner Fabrin e @Yutaka Mario Kobayashi Junior,
    Sem dúvida estas duas questões são bastante solicitadas e temos interesse em fazê-las. No entanto, são recursos grandes e não é possível atender aos 2 de imediato. Neste momento, estamos estudando o recurso de pilar parede, que deve estar disponível nos próximos releases do Eberick Next.
    Quanto ao pilar esbelto, ainda não temos uma previsão, mas quando for feito deverá se aplicar tanto a pilares pré-moldados como moldados in loco.

  3. Tadeu Wagner Fabrin
    | #3

    Moderador bom saber que o pilar parede está na lista de desenvolvimento deste Next. Entendo que alguns recursos são mais complexos de implementar que outros, mas reforço a solicitação dos pilares esbeltos.

  4. Marcelo Poli
    | #4

    Acabo de instalar e começo a testar o módulo de pré moldados. Senti a falta de poder estabelecer vigas com mísulas que são muito usadas juntamente com lajes alveolares afim de evitar cortes nas peças. Isto será contemplado se sim as vigas de borda com seção em L para servir de forma também da laje é bastante útil.

  5. Moderador Blog Eberick
    | #5

    Bom dia @Marcelo Poli,
    Estamos anotando a solicitação da viga L e neste momento estamos desenvolvendo o consolo lateral nas vigas para servir de apoio para lajes alveolares, por exemplo. Para o próximo release este recurso deve estar disponível.

  6. Marcelo Poli
    | #6

    Boa tarde

    Muito obrigado acredito que ficará muito produtivo. Aproveitando o post gostaria de saber se há planos de lançar algum módulo para alvenaria estrutural. Uso e usei vários softwares que poderiam ser mais produtivos no lançamento e tenho sugestões.

  7. Moderador Blog Eberick
    | #7

    Bom dia @Marcelo Poli,
    A alvenaria estrutural é um dos projetos da AltoQi neste momento e desde já agradecemos a colaboração.

  8. Roger Scapini Marques
    | #8

    Gostaria de sugerir o estudo do seguinte esquema de montagem:

    Pilar1-Viga1a-Pilar2-Viga1b_-VigaGerber-_Viga2b-Pilar3-Viga2a-Pilar4

    As extremidades (Viga1b e Viga2b) funcionam como se fossem consolos alongados para apoiar a viga central.

    É um esquema bastante utilizado usado em viadutos, pontes e passarelas, quando é necessário vencer grandes vãos sem escoramento, e as duas unidades (Pilar1-Viga1a-Pilar2-Viga1b) e (Viga2b-Pilar3-Viga2a-Pilar4) são concretadas antes da viga gerber central, que é içada por um guindaste e simplesmente apoiada no meio do vão.

    Tentei simular isso no Eberick, mas os dentes gerber são apenas aceitos para apoio nos pilares.

  9. Thalentos Engenharia Ltda
    | #9

    Minha versão do next não tem nada de premoldados porque???

  10. Moderador Blog Eberick
    | #10

    Bom dia @Thalentos Engenharia Ltda,
    Os recursos do Eberick Pré-moldado estarão disponíveis para os clientes que aderiram a versão beta. Mais informações sobre como utilizar a versão beta no post http://blogeberick.altoqi.com.br/noticias/utilizacao-da-versao-beta-do-eberick-pre-moldado/

  11. Renato C. Costa
    | #11

    O assunto não se encaixa muito bem aqui, mas foi o melhor tópico que encontrei para sugerir o recurso de mísula em apoio de viga contínua, ou como queriam vigas com seção transversal de inércia variável. Como sabemos, a adoção da mísula favorece sobremaneira o dimensionamento à flexão, reduzindo a área calculada de aço, pois a mísula aumenta a altura efetiva da viga no mesmo sentido que cresce o momento fletor negativo, além do efeito arquitetônico. [Texto editado por Moderador Blog Eberick]; gostaria nào só de ouvir dos outros colegas sobre a aplicabilidade desse recurso nos projetos deles (eu uso, especialmente como vigas tranversais de apoio de laje em balanço), mas também que fose repassado à equipe de desenvolvimento para consideração.

Página de comentários
  1. Nenhum trackback ainda.
Os comentários estão fechados.