Você está visualizando uma versão anterior do blog Eberick Next. Mantenha-se informado acessando o novo blog
Acesse http://ebericknext.altoqi.com.br

Arquivo

Arquivo de maio, 2011

Determinação do coeficiente de arrasto

31, maio, 2011

Na configuração Vento, devem ser definidos os diversos parâmetros necessários para a determinação das forças devidas ao vento, como a velocidade básica e as condições de topografia. Com base nessas informações e nas dimensões da edificação, o programa calcula as forças equivalentes a serem aplicadas em cada pavimento. Essas forças devem ser fatoradas por um coeficiente de arrasto, definido na NBR 6123:1988, cuja informação é de responsabilidade do usuário. Nesta versão, foi criada uma opção que, se ligada, faz com que o programa calcule automaticamente esses coeficientes, com base nas fachadas informadas para cada pavimento, na altura submetida ao vento e no ábaco para vento de baixa turbulência, disponível na NBR 6123:1988.

Leia mais…

Ajustes no programa ,

Ajuste da armadura negativa da viga na região do pilar

27, maio, 2011

Ao detalhar a armadura negativa sobre o apoio extremo de uma viga, o comprimento necessário para o trecho vertical pode ser elevado e, em alguns casos, superar a altura da viga. Agora, foi criada uma configuração que permite que o usuário, a seu critério, defina um valor máximo abaixo do qual o programa pode desprezar parte do valor calculado e cortar o gancho vertical da barra de forma a ficar dentro da altura disponível da viga. Esta melhoria finaliza um conjunto de recursos relacionados às armaduras das vigas, que incluiu o tratamento da 2ª camada e a representação das camadas no detalhamento.

Leia mais…

Melhorias em recursos ,

Brainstorming: Detalhamento das armaduras do radier

25, maio, 2011

Nos primeiros recursos do release 1 do Eberick Next foi criada a possibilidade de lançar e analisar lajes apoiadas diretamente sobre o solo. Neste momento está sendo inclusa a opção de nascerem pilares diretamente sobre este tipo de laje, permitindo, com isso, elaborar projetos de fundações com radier. A próxima etapa deste recurso, que deve ocorrer nos próximos releases, será tratar o detalhamento das armaduras. Leia mais…

Discussões

Barras inclinadas atravessando níveis intermediários (Parte 2)

19, maio, 2011

Da mesma forma como feito para o lançamento das barras inclinadas, foi tratado o lançamento de rampas e lances de escada “atravessando” os níveis intermediários do pavimento. Para isso, a operação de lançamento da rampa / lance se manteve a mesma até o momento, visto que a ligação aos níveis inferiores é definida pelas barras inclinadas já lançadas. Se as duas barras que delimitam a rampa / lance estão ligadas ao mesmo croqui inferior, o elemento pode ser lançado.

Leia mais…

Novos recursos ,

Brainstorming: Melhorias no módulo Fundações

17, maio, 2011

Ao decorrer do projeto Next anterior foram criados espaços voltados para a discussão dos assuntos não abordados pelos posts de recursos. Estes posts, chamados de Brainstorming, ofereceram informações bastante positivas, originando uma lista de recursos para o desenvolvimento do Eberick Next. Neste momento, vamos abrir novos espaços de discussão sobre áreas específicas e, para facilitar o acompanhamento, iremos agrupando e acrescentando as sugestões no próprio post.

No primeiro Bainstorming deste projeto, vamos focar nas melhorias e novos recursos relacionados ao módulo de fundações, para o qual foi dado início ao desenvolvimento de um recurso bastante pedido: Radier.

Leia mais…

Discussões

Opções para representação das lajes na forma

11, maio, 2011

A indicação das lajes na planta de formas pode ser controlada por alguns itens de configuração que podem ser definidos pelo usuário, mas sempre com base no mesmo layout. Agora, foram incluídas outras possibilidades de indicação, as quais podem ser escolhidas de forma independente para cada tipo de laje. Leia mais…

Melhorias em recursos

Barras inclinadas atravessando níveis intermediários (Parte 1)

6, maio, 2011

O lançamento de elementos ligando pavimentos (barras inclinadas, vigas inclinadas, rampas e lances de escada) precisa ser feito sempre de um croqui para o croqui imediatamente inferior. Com isso, o lançamento de elementos de um nível a outro ponto mais abaixo precisa ser feito dividindo os elementos em nós para cada croqui intermediário que for atravessado.

Nesta primeira etapa, foi permitido o lançamento de barras e vigas ligadas a croquis inferiores, desde que os croquis atravessados sejam apenas os intermediários do próprio pavimento. A seguir, será feito o lançamento de rampas e lances de escada, com o mesmo critério, e a revisão no dimensionamento e detalhamento desses elementos.

Leia mais…

Novos recursos , ,